quarta-feira, 19 de dezembro de 2012

SIM! FIM DO MUNDO PRA MIM É ISSO...





Fim do mundo é ver tanta gente sendo explorada...

Fim do mundo é ver a corrupção correndo solta em todas as esferas governamentais...

Fim do mundo é ver a impunidade, os abusos, os excessos...

Fim do mundo é ver pessoas roubando milhões e levando para o “EXTERIOR” os recursos que eram para estar na saúde, na educação e na segurança...

Fim do mundo é ver tanto jovem ser abusado, estuprado, na prostituição, na drogadição e na promiscuidade...

Fim do mundo é ver meninas jovens vendendo seus corpos para poderem idolatrar os deuses do ter, poder e prazer... para sustentarem o luxo e o glamour da sociedade do ter...

Fim do mundo é ver a violência e a banalização da vida entre a juventude...

Fim do mundo é ver tanta gente passando fome e tanta gente colocando comida fora...

Fim do mundo é estarmos em pleno século XXI e termos ainda trabalho escravo...

Fim do mundo é ver tanta família destruída pelas drogas, pela vulgaridade, pela AIDS,...

Fim do mundo é ver tantos jovens mutilando seus corpos com cordões, arames, fios, tintas, pregos,...

Fim do mundo é ver tanta gente saudável fazendo de tudo para ficar doente e tantos doentes numa luta desigual tentando se manter vivo...

Fim do mundo é ver tantos corpos despedaçados na violência do trânsito no final de cada feriadão...

SIM! ISSO É O FIM DO MUNDO...

É fim do mundo também ver que tanta gente acredita nessas previsões e cálculos malucos ao invés de acreditarem na Palavra de Deus...

É fim do mundo ouvir pessoas de bem e não raro até gente com caminhada de igreja dizendo os absurdos que fariam se soubessem que realmente seria o fim do mundo... roubariam, abusariam, se entregariam às orgias, ao sexo irresponsável, às drogas, às promiscuidades... SIM, É O FIM DO MUNDO OUVIR AS PESSOAS PENSAREM ASSIM, pois a boca fala do que o coração está cheio... então o coração está cheio dessas coisas...

Cheio de coisas MUNDANAS e não na VIDA ETERNA!

SIM! ISSO TUDO É O FIM DO MUNDO...

OLHAS AS IMAGENS... OBSERVA CADA UMA DELAS... E VÊ SE ISSO NÃO É O FIM DO MUNDO!

Não no sentido que estão tentando nos impor... eu digo, ISSO É O FIM DO MUNDO, no sentido de estar INDIGNADO COM ISSO TUDO!

No sentido de dizer e ai, o que estamos fazendo para acabarmos com esses absurdos...

AGORA QUANTO AO FIM DO MUNDO APOCALIPTICO QUE ESTÃO FALANDO...

Ah, não... nisso eu realmente não acredito e sequer perco um minuto preocupado com ele...

Isso não é do conhecimento dos homens...

Lembrem-se do que nos ensina as Escrituras Sagradas sobre isso e é, nisso que o verdadeiro cristão tem de acreditar. Os discípulos também interrogaram a Jesus em particular: “Dize-nos quando serão essas coisas e que sinal haverá da tua vinda e do fim do mundo?”. O Senhor Jesus, após fazer uma explanação profética acerca dos eventos que iriam suceder no fim, concluiu: “Porém daquele Dia e hora ninguém sabe, nem os anjos dos céus, nem o Filho, mas unicamente meu Pai” (São Mateus 24, 4-36).

Pense nisso e vamos juntos mudar o que realmente é o FIM DO MUNDO!

SHALOM!

quarta-feira, 12 de dezembro de 2012

CANSEI! TÔ SEM FÉ, SEM SACO, SEM VONTADE, SEM NADA...





Esta foi à afirmativa que ouvi essa semana: “Tio não dá mais,... cansei! Tô sem fé, sem saco, sem vontade, sem nada... na verdade, eu queria mais é ir pra um lugar isolado, não ver e nem falar com ninguém, se possível até morrer”.

ENTÃO TÁ, MINHA PROPOSTA É: VAMOS COMEÇAR UMA CORRENTE DO BEM!

Todos nós passamos por momentos assim... agora o resultado que cada um vai obter depende da maneira com que encara isso. Todos nós já passamos por momentos de deserto, muito dolorosos em nossas vidas, momentos que talvez tenham abalado nossas crenças, nossa lógica, nossa biologia, nossa fé, talvez até momentos em que tenhamos nos sentido extremamente culpados do que fizemos ou do que pensamos fazer.

É aquele olhar para o lado e se sentir meio perdido, atordoado, sem motivação, sem vontade... parece que tudo e todos conspiram contra a gente ou não estão nem aí para nós.

“Tio, minha vida tá uma m..., uma droga. Não tenho mais vontade de estudar, de namorar, de falar com as pessoas, de trabalhar, parei de fazer tudo que gosto, me afastei das pessoas com quem vivi meus melhores momentos, não tenho mais vontade de nada... me sinto cansada, abandonada, triste... estou com raiva de tudo e de todos... o mundo todo está conspirando contra mim! Parece que nada mais da certo pra mim... minha família tá um caos, minhas notas horríveis, meu namoro está acabando, minhas amizades fracas e distantes, não gosto mais de rezar, não tenho mais ido na missa, minha fé parece que acabou...” e assim foi nossa conversa de quase duas horas.

Superação! Essa é a palavra chave... não adianta fazermos que nem avestruz, que ao ver o perigo coloca a cabeça no buraco, não adianta, quando tira a cabeça de lá, continua tudo igual ou até pior... Não! É preciso ser perseverante, ter foco, fé e determinação.

A primeira medida é a fé... crer, ter fé em Deus e que tudo vai se resolver. Voltar a rezar, não ter medo de acender uma vela, colocar os joelhos no chão e rezar com a parte mais profunda do coração.

A segunda medida é mudar aquilo que pode ser mudado... o “seu humor”... levantar e agradecer pela vida, pela família, pelo trabalho, pela escola, pelos amigos, pelas pessoas... porque o mau humor só agrava os problemas.

A terceira medida é ser justo... olhar para aqueles que se preocupam ou cuidam da gente e agradecer... sim, temos obrigação de dizer: muito obrigado... obrigado por estar comigo, obrigado por cuidar de mim, obrigado por me fazer companhia, obrigado por abrir meus olhos, obrigado por me ouvir, obrigado por me entender, por me emprestar o ombro, enfim, obrigado!

Outra medida é não achar que as pessoas precisam ter pena da gente ou que possuem “obrigação” de nos aturar assim... elas também possuem os problemas delas e não raras vezes muito mais graves do que os nossos... Cuidado! Eles podem ir embora e nunca mais voltarem... A injustiça gera isso!

Cuidar de quem cuida da gente é uma necessidade, sob pena, de amanhã não estar ali quando a gente mais precisa... ENTÃO JAMAIS DESCARTA OU DESPREZA AQUELE (A) QUE CUIDA DE TI... QUE TE AJUDA... QUE TE EMPRESTA O OMBRO, QUE REALMENTE SE PREOCUPA CONTIGO... volto a dizer: “sejas justo com quem é justo contigo”... se Deus colocou essa pessoa lá é porque tem um objetivo, uma missão...

Te aproxima das pessoas que te fazem bem e feliz... NÃO TENHAS MEDO DE PROCURÁ-LAS, DE ABRIR O TEU CORAÇÃO, DE DIZER O QUE ESTÁS SENTINDO, ESTÁS VIVENDO... NÃO TENHAS MEDO DE FALAR... NÃO TENHAS MEDO DE PEDIR AJUDA! NÃO TENHAS MEDO DE PEDIR SOCORRO! Deixa a vaidade, o orgulho e esses sentimentos pequenos de lado e vai lá... senta no grupo de amigos e fala, abre o teu coração! Diz assim, de cara limpa: “gente, perdoem minha ausência, minha distância, meu humor, mas eu preciso muito de vocês!”

Vais esperar o que? Ficar cada dia mais doente? Mais afastado de tudo e de todos? Achas que a solução vai cair do céu? NÃO! O CÉU COMEÇA EM VOCÊ, nos ensina Anselm Grünn, ou seja, exatamente no seu coração...

Eu aprendi que soluções não costumam aparecer enquanto o desespero estiver com a gente. Por isso, esqueçamos o sentimento de culpa pelos erros passados e nem sequer vamos pensar no que o futuro nos reserva, porque quando o desespero nos cerca, qualquer tentativa de análise do futuro estará contaminada pelo pessimismo, pela cegueira e pela depressão. E, como neste caso, seremos levados a acreditar em um futuro distorcido, falso e ainda mais "pesado" para carregar, é melhor olhar somente para o aqui e o agora, para que não sejamos enganados pelo desespero. Vamos juntos superar qualquer ressentimento, só por hoje, vamos respirar fundo e fazer algo positivo e diferente, superação é a palavra chave para esta semana.

Vamos lembrando o que São Paulo disse na Carta aos Filipenses 3,12-16:

“Reconheço que não alcancei o conhecimento pleno de Cristo, a perfeição como salvo. Mas isso não me desanima. Pelo contrário, me esforço para caminhar nesse sentido, deixo de lado as coisas passadas e avanço na minha vida cristã”.

Precisamos aprender a tomarmos a decisão satisfatória, entre tantas possibilidades de escolha, atentando para o que é realmente certo, ético e que me aproxima do Plano de Deus. Precisamos principalmente sair do plano das ideias e começarmos a agir (querer).

Superação, também é me colocar contrário aos planos e propostas do mundo (mundano) e desfrutar da alegria das coisas mais simples e viver o aqui e agora, observando as pessoas que me amam, me realizam e que realmente me fazem felizes. Procura teus amigos, pessoas que sabes embora distante se precisares vão estar perto. NÃO TENHAS VERGONHA!

SUPERAÇÃO! Mas para isso é preciso QUERER e IR...

Superação é ter determinação, essencial para conquista de nossos sonhos é cuidar com dedicação do que é realmente essencial e importante para nós. Pense nisso! Faça desta semana, a semana mais feliz de sua vida... supere-se! Tenha fé em Deus e a certeza de ele estará contigo todos os dias...

Se possível essa semana visita uma creche, um asilo, o hospital... olha para as pessoas que lá estão, muitas inclusive, lutando para viver, tu tens tudo para ter uma vida linda e está matando com esses teus sentimentos pequenos... VAMOS LÁ, SUPERAÇÃO!

Conta comigo! Começa fazendo algo bom, bem fácil, confias em mim: manda uma declaração; uma mensagem; um bilhete; um cartão; uma frase; um torpedo para alguém que já foi muito importante em tua vida, mas tu por um motivo ou outro se afastou...

TALVEZ ESSA PESSOA TAMBÉM ESTEJA PRECISANDO DISSO...

VAMOS AGORA COMEÇAR A NOSSA CORRENTE DO BEM...

MANDA UM RECADO, MENSAGEM, TORPEDO PARA ALGUÉM... SEJAS JUSTO COM QUEM FOI OU É MUITO JUSTO CONTIGO! E eu te asseguro que tua vida começa à mudar a partir de hoje... vamos lá... a corrente começou...

“Sempre haverá flores no caminho daquele que lança suas sementes ao longo do percurso”.

Um beijo no coração, vocês são muito importantes para mim... obrigado por tudo!

SHALOM!

BALADA DE NATAL DO CLJ





CARÍSSIMOS (AS)!

Considerando que esse ano inúmeras pastorais, serviços e movimentos estão realizando sua Balada/Campanha de Natal, arrecadando roupas, brinquedos ou alimentos...

Quem quiser participar da campanha, na próxima vez que for no supermercado ou na farmácia já adquire junto algum desses itens para fazer uma família e um bebê recém nascido mais feliz (tudo que fizerdes ao menor de um dos meus irmãos, foi a mim que o fizestes...)...

Então tá! Próxima ida ao supermercado, um pacote de fraldas ou um materialzinho de higiene infantil...

FEITO?

sexta-feira, 7 de dezembro de 2012

O QUE TRAZES DENTRO DA TUA MOCHILA?




Sou procurado diariamente por jovens e adultos angustiados, preocupados, tensos, estressados, deprimidos... com a vontade e o desejo de largar tudo, abandonar tudo, deixar tudo para trás e sequer olhar para o que ficou...

Ouço suas tristezas, dores, frustrações, desilusões,... dores no peito, falta de ar, choros contidos...

Minhas primeiras perguntas ao sentarmos e termos um pouco de calma é:

• Vamos ver o que tu trazes dentro da tua mochila, porque está tão pesada e difícil de carregar?

• O que tu estás transportando contigo que prende os teus sonhos e a vontade de fazê-los?

Quando começamos calmamente retirarmos o que têm dentro da mochila, encontramos ali, uma bagagem desorganizada, como num final de partida de futebol, misturamos coisas limpas com sujas, tolhas molhadas, tênis sujo, com coisas que deveriamos ter muito cuidado, bens sensíveis e que podemos facilmente estragar...

Temos ali fragmentos e as angústias do passado, os rancores, as vitimizações, as desculpas insalubres, os fracassos, as desilusões e ilusões.

Temos o sentimento de família que embora não raras vezes com muitos problemas, nos trazem boas recordações, sentimentos belos e bons... coisas que devemos guardar com carinho, não misturarmos com outros que podem tirar seu brilho ou valor.

Encontramos no meio da mochila tanta coisa desnecessária, papeis, restos e fragmentos de momentos passados, coisas que pode ser tranquilamente descartados... que só ocupam lugar, sujam o espaço (coração) e o deixam fragilizado, triste e fraco...

Encontramos também as expetativas do futuro, mas o medo do que está para vir não permite levarmos a frente o projeto. O fardo do presente, as preocupações do trabalho. Sim, o peso daquilo que se transporta pode ser enorme. Alivie-se, deite fora o que o atrapalha, deixe ir o que te magoa, te assuta, te deixa com uma carga negativa, te deixa pesado.

Tire fora a raiva, o ódio, a opressão, os traumas do passado, a violência, as agressões, os abusos, até quando vai carregar isso bem em cima da tua mochila? Liberte-se!

Organize-a! Se de alguma forma eu puder ajudar, podes me procurar, para juntos sentarmos e fazermos essa faxina... essa limpeza, essa organização...

Deixe ali o que é necessário, o que realmente precisas carregar... o que te dá prazer, alegria e te traz felicidades... trazes também o kit de primeiros socorros... nossa Bíblia, nosso Deus no coração, a vontade e o desejo de ser melhor hoje, de que é possivel mudar e melhorar a cada instante... que é possível se viver bem sem estar carregando toda aquela tralha! Pense nisso!

Aproveite também as tantas vezes que Deus coloca anjos em tua vida para te auxiliar a carregar e organizar tu mochila... a vocês que por tantas e tantas vezes já me ajudaram na organização da minha, também nas tantas vezes que já me ajudaram a carregá-la... o MEU MUITO OBRIGADO! Que Deus os abençoe...

Contem comigo!

SHALOM!

sexta-feira, 30 de novembro de 2012

TIOOOOOOOO, ME PERDOAAAAAAA, MAS TE BLOQUEEI SEM QUERER!





Achei muito interessante e até me senti comovido com a tremenda preocupação de uma jovem ontem que me mandou torpedo, deixou recados na caixa de mensagens do e-mail e do Face...

Me dizia: “Tiooooooooooooooooooooo me perdoooooooaaaaaaaaa mas eu te bloqueei sem querer... mas já desbloqueei, não sei se foi algum aviso disso pra ti? Me perdoa pai do coração!”

Primeiro obrigado meu anjo por toda tua preocupação e pelo zelo... mas não esquenta, não te preocupas, conheço o teu coração e os teus sentimentos... lá não tem lugar para rancor, raiva, ódio, etc... também sei o quanta é justa, carinhosa e caridosa... como disse: não esquenta! Mas que achei interessante isso, ah, achei!

Também não daria importância para isso, pois no meu sistema tu jamais estarias bloqueada, não te preocupes...

Mas vou tomar a liberdade de usar o teu fato para discorrer um pouco sobre isso... Pois até nisso hoje o sistema individualista tenta “facilitar” nossa vida (o facilitar está entre aspas de propósito), pois isso é até possível com alguém que nos perturba, nos incomoda, manda coisas indesejadas, etc... mas não é possível pelos meios físicos... pois vivemos numa cidade pequena, uma comunidade pequena e pessoalmente temos que “conviver” (viver com...).

Esse viver “com” o outro (conviver) exige de mim compreensão, compaixão, exercício de todos os preceitos cristãos, ou seja, dizer não para o rancor, ressentimento, raiva, ódio, etc.

Não que a gente precise “andar com” o outro, concordar com tudo o que o outro faz, mas não precisamos também de meios para prendê-lo a um sistema... ao invés disso... “usa a tecla “DEL”... sim, simplesmente APAGA, DELETA” do teu grupo, EXCLUI, é um direito teu fazer isso... não precisas deixar a criatura lá pendurada!

As pessoas devem encarar a vida nas redes sociais como uma extensão da vida social real. Ora, quando estamos num lugar e uma pessoa só sabe falar de trabalho, futebol, política ou então é passado, imoral, não conhece limites, fala palavrão, é antiético, nós sutilmente o excluímos de nossa vida social, tanto que, na maioria das vezes, esta pessoa indesejada nem percebe, vamos nos afastando, não andamos mais com ela... nas redes sociais não deve ser diferente, devemos simplesmente... “deletá-lo”, simples assim, pronto!

Sei de tantos que mantêm minhas publicações bloqueadas e sinceramente isso não me abate, não raras vezes, se não quero mais realmente esse contato ali, vou lá e deleto, se por ventura acredito que não há motivos para isso, deixo o perfil quietinho lá, fica na consciência de cada um se é ou não importante tê-lo como amigo ou mero contato... pra mim, continua sendo amigo ou contato, muito tranquilo isso em minha cabeça!

Mais uma vez agradeço a essa jovem toda essa preocupação... fiquei pensando que essa ação virtual é como se fosse na vida real, presencial, quando de repente por algum motivo somos “extremamente mal educados com alguém”, indelicados, quando nos apercebemos que fomos injustos, daí bate aquela sensação de culpa, temos que irmos atrás e nos desculparmos para voltar a paz interior.

Pelo menos eu particularmente penso assim, sinceramente nos meus contatos ou eles estão lá ou não estão, se aquela relação não me interessa, pronto, vai sair das minhas relações, mesmo que virtual, não precisamos andar juntos!

Portanto, não te preocupa meu anjo, sei que no teu coração não tem lugar para “bloqueios”, és justa, amiga, companheira de muitas risadas... sei que não tem lugar para raiva, rancor ou ódio, por isso mesmo, como diz Jesus... “não perturbes o vosso coração...”. Te amo! Fica com Deus....

E tu tens alguém bloqueado nos teus contatos, na tua vida?

Porque não usas a tecla "DEL"?

Pense nisso!

SHALOM!


(P.S. como tu disse que não terias problema de escrever sobre isso, eu escrevi).

quarta-feira, 28 de novembro de 2012

“NÃO ECONOMIZE MUITO OBRIGADO”


Hoje eu ouvi essa frase de alguém aqui no retiro... e como é retiro, a gente termina pensando sobre tudo que ouviu, viu ou sentiu em algum momento de nossas vidas, essa frase me fez questionar meu companheiro de caminhada (a quem eu prezo e admiro muito): “não economize muito obrigado!”
Perguntei: mas como é possível economizar muito obrigado?
Muito obrigado é algo tão natural... foi quando meu companheiro de caminhada falou:  “não... não é natural para os orgulhosos, para os egocêntricos, para os vaidosos” e mais um monte pessoas com esse perfil que até nem lembro de todos.
Ele me disse: “sim, muito obrigado é normal para mim, para você, para as pessoas humildes, para as justas, para pessoas com bom coração... para os outros, é um sacrifício, uma dificuldade dizer “muito obrigado”...
Que estranho pensei! Nunca havia olhado o “muito obrigado” com essa faceta... que o economista do muito obrigado pode ser um egoísta, um orgulhoso, um vaidoso, um egocêntrico...
Continuou meu companheiro de caminhada: “para todos esses, você pode fazer o que fazer... eles vão sempre achar pouco, insuficiente, que não resolveu o problema ou que aquilo era obrigação sua mesmo e com isso eles estão isentos de te agradecer...” e tem mais disse ele: “não raras vezes esse sujeito é um doente... um doente do coração, pois o coração está duro, morto, achatado...”
Pensei no sentido inverso também, pois essa semana (no sábado mais especificamente) recebi um MUITO OBRIGADO, de um momento que já não esperava mais, já tinha passado, tudo tranquilo e aquilo me fez muito bem, chegou em boa hora. Com isso vi que meu irmão de caminhada tinha razão, pois se essa pessoa tivesse “economizado” o seu muito obrigado eu não teria tido a oportunidade de me sentir assim.
Portanto, meu amigo, meu colega, meu irmão, ... NÃO ECONOMIZE, NÃO POUPE MUITO OBRIGADO! Sejas justo, coerente, correto com aquele te fez algo de bom, aquele que promoveu o bem para ti... pois amanhã poderás precisar novamente dessa pessoa e a tua injustiça ao não reconhecer esse esforço, terminar levando essa pessoa para longe e na hora em que tu mais precisar ela não poder te ouvir.
Pense nisso!
Não sejas injusto, egocêntrico, vaidoso, etc. e agradeças a aquele que te ajudou, sob pena de amanhã ele já não estar mais lá...
PORTANTO, NÃO ECONOMIZES “OBRIGADO”...
E se tiveres me feito algo e eu deseducadamente, injustamente não tiver te agradeço, aproveito agora, primeiro me desculpa e depois aceitas o meu MUITO OBRIGADO!
SHALOM!

terça-feira, 20 de novembro de 2012

CONFESSO QUE OLHAR PARA UM CORAÇÃO DOMINADO PELO MAL É ASSUSTADOR!



Particularmente, creio que uma das coisas mais doloridas que se tem é a possibilidade de sentir, ver ou ouvir o coração das pessoas. Pegar na mão de alguém e sentir fluir o ódio, o desprezo, a raiva, a indiferença é algo que enfraquece muito a gente e também assusta... sim, o diabo é muito competente!

Penso que isso é uma das coisas mais complicadas e perplexas que tem: é a capacidade que Deus nos dá de olhar no olho de alguém, pegando na sua mão e sentir ali fluir “a verdade”, sem censuras, sem cortes, deixar os sentimentos e os fatos ali registrados passar como se estivéssemos assistindo a um filme... é a boca falando uma coisa e o coração te mostrando outra.

Alguns corações são aterrorizadores!

Vaidades, orgulho, ódio, rancor, ira, promiscuidade, libertinagem, prostituição,...

Tenho certeza de que tem gente que só não se estrepou na vida, porque tem um anjo da guarda muito bom, ou talvez, colha algumas sementes boas semeadas ontem, mas que dá um pavor olhando para frente, ah isso dá! E o pior é que a gente se sente impotente frente a isso tudo...

Pare! Olhe para o teu passado e vejas as grandes bobagens que já aconteceram justamente por estar afastado (a) de Deus... (mutilação do corpo, exposição moral, servir de instrumento para colocar alguém no mundo do sexo, das orgias, da promiscuidade, dos vícios, aceitar ser usado e usar as pessoas como uma coisa, desamor, traição, infidelidade, atentar contra a castidade...)...

Por favor, faça uma análise das fatos que poderiam ter acontecido em decorrência disso (das armações, das mentiras, das articulações para o mal...) mas tivemos uma segunda chance ou uma nova oportunidade. Deus nos dá a chance de voltar, de corrigir, de melhor, de retomar a caminhada... mas para isso é preciso – “arrepender-se” – pois ai Ele vem e diz: “vá e não peques mais”.

Sim, por isso eu afirmo “O DIABO É COMPETENTE”... ele consegue nos convencer dos valores do mundo mundano, ele consegue fazer com que os falsos valores nos tirem da fila da comunhão... nossa fé enfraquece, não queremos mais ir a Igreja, participar das celebrações, deixamos de rezar, nossa oração parece que vai ficando fraca, parece que a voz de Deus vai perdendo o valor e o sentido que tinha... se estas assim, cuidado, é o mal (diabo/satã, satanás, seja lá qual for o nome que tu deres para ele) falando contigo e tomando conta do teu coração...

Quem vai vencer essa batalha no teu coração (bem ou mal)?

Não sei! Creio que aquele a quem tu deres mais ouvido, só deixo aqui um pedido: se optares pelo mal, VAI SOZINHO, NÃO LEVA MAIS GENTE CONTIGO!

O Papa Bento XVI disse ontem: "Queridos jovens, para permanecerem firmes na confissão da fé cristã, vocês precisam da Igreja. Ninguém pode ser testemunha do Evangelho sozinho. Jesus enviou seus discípulos para a MISSÃO EM GRUPOS".

Agora nós temos um problema, o mal não gosta disso e ele vai sempre tentar te afastar disso tudo, mas a resposta é contigo, SIM, EU QUERO e EU VOU aceitar as propostas de Deus ou se vou dizer sim, eu quero e eu vou aceitar as propostas do diabo... tudo muito simples assim!

Lembre-se, porém, para estar na fila da comunhão é preciso estar com um coração pronto para o amor, para perdoar e pedir perdão, para ser justo com quem é justo conosco... Portanto, tira todos os sentimentos ruins de dentro do teu peito, porque volto a afirmar, ver cristãos com corações assim, assusta, choca, entristece...

Pense nisso...

SHALOM!

segunda-feira, 22 de outubro de 2012

LIDERANÇA, PALAVRÃO e GESTO OBSCENO não combinam...


Fique atento!
"Não saia da vossa boca nenhuma palavra torpe, e sim, unicamente a que for boa para edificação, conforme a necessidade, assim transmita graça aos que ouvem." Efésios 4, 29
Optei por adaptar este texto justamente em virtude do comentário/advertência (corretíssimo) de um jovem ameaçando cancelar um evento em função dos tantos usos de palavrões e gestos obscenos, constituindo-se assim num “contratestemunho” de um grupo de jovens educados e lideres cristãos.
Especialistas asseguram que se trata do retrocesso cultural, que estamos voltando ao tempo da barbárie, uma falta de educação coletiva, do tudo pode, do desrespeito aos valores e ao espaço do outro, atribuindo uma grande parcela de responsabilidade a mídia por isso tudo... Literalmente hoje temos uma grande parcela da população que se enquadra no grupo dos “mal educados”...
Não é ser moralista, antes de mais nada e em primeiro lugar é “educação”, pessoas desse grupo (que emitem palavrões, são obscenas, promíscuas...) se enquadram na condição de “sem educação” e por consequência devem sofrer os vieses dessa conduta, tanto no emprego, quanto na família ou na sociedade.
Palavrão, gesto obsceno, ofensa moral e agressão a preceitos fundamentais, são exemplos típicos da “falta de ética”, “da imoralidade”, “da obscenidade”, “dos maus princípios”, “de uma base familiar corrompida”, “é sinônimo a pertença de círculos de amizades chulos, promíscuos, etc.”, sobre o que encontramos escritos na Bíblia que condenam veemente tais práticas.
Volto a dizer, não se trata de “moralismo”, se trata de “educação” pura e simples...
Hoje já há inúmeras decisões judiciais favoráveis à indenização de funcionários que se sentiram ofendidos pelo fato de no ambiente de trabalho haver muitos palavrões, gestos obscenos e piadas tendenciosas, sendo considerada uma ofensa moral passível de indenização pecuniária.
Como posso me chamar e dizer líder se sequer consigo controlar o que minha boca fala. É preciso ter autocontrole, porque depois a gente se acostuma a falar palavrões, mesmo sabendo que isso é errado. É preciso se reeducar, pensar antes de falar. O uso dos palavrões traz consequências drásticas para os relacionamentos e também torna-se uma rotina, pois no momento de indisposição são essas palavras e gestos as primeiras a virem a boca.
A fórmula é bem simples, basta se perguntar:
Eu sou cristão?
Então tenho que fazer aquilo que Jesus nos ensina e nos pede. São Paulo nos diz: "Sejam imitadores de Deus". (Efésios 5,1) para imitar a Deus preciso fazer o que é certo ou tu achas que Cristo andava por aí fazendo gestos obscenos, proferindo palavrões e ofendendo as pessoas?
Torna-se difícil mudar o hábito de falar palavrões e fazer gestos obscenos. É necessário muito treino e eu volto a falar, isso compromete a tua imagem pessoal, a do teu grupo social e a da tua família. Devemos orientar nossas mentes a reagir com as palavras certas. Nos momentos de dor, distração e nas crises é que revelamos o que somos. Reagir frente a essas situações sem palavras obscenas, deve ser o nosso objetivo. Até eliminá-los por completo do nosso vocabulário.
"Se te mostras fraco no dia da angústia, a tua força é pequena". Provérbios 24, 10
Fique atento, pois se de tua boca só saem palavras sujas e maliciosas? Então é bom tu parar e analisar o que tem dentro de ti mesmo. Será que tu não estás dando mais ouvidos ao que dizem por aí, do que construindo tua vida com coisas sadias, que contenham as verdades de Deus? Está na hora de passar um tempo maior com o Pai, e recorrer à Sua Sabedoria, buscar a oração para te fortalecer e a Palavra de Deus para te iluminar e te instruir... Ser cristão é muito simples ou somos ou não somos, a questão é cristão quente ou frio, morno não serve.
Tem muita gente que na tentativa de se “enturmar”, na tentativa de “agradar” uma galera, passa a ficar promíscuo, chulo... Mas é por isso mesmo que é difícil ser cristão, pois para usar os padrões de Deus a gente não agrada a toda a turma e se para fazer parte desse grupo tu precisas disso, então tu não precisas desse grupo.
Um líder tem que ser modelo. Tem que ser referência. Tem que ser espelho. Seja diferente e faça diferença aos seus amigos. Tenha certeza que eles o respeitarão e irão refletir, se o que estão fazendo é certo ou errado se espelhando em ti, vindo eles para o teu grupo e não tu para o grupo deles (o grupo dos mal educados, chulos e promíscuos...).
Vamos dizer um basta à turma do palavrão, e elevar o nível das nossas conversas!
"... e a boca fala do que está cheio o coração." São Lucas 6, 45
São Paulo fala e ensina sobre o nosso “testemunho”. Cabe a ti que se diz “cristão”, respeitar e considerar as pessoas, não usando de tais palavras ou gestos. Isso ajudará no seu bom testemunho e não escandalizará os que ouvem.
"Se a comida serve de escândalo a meu irmão, nunca mais comerei carne, para que não venha a escandalizá-lo". 1 Co 8, 13
Somos livres, mas ao mesmo tempo temos que atentar se somos líderes, modelos e imitadores de Deus...
Pense nisso!
SHALOM!

terça-feira, 16 de outubro de 2012

HERÓIS?


Daqui mais um tempo reinicia os famigerados “reality shows”, tentando preencher os horários e as férias de nossa juventude e um bando de desregrados serão tratados como heróis...
Mas quem são os heróis de verdade?
Aqueles que promovem, praticam a promiscuidade, a prostituição, a libertinagem, a apologia ao vício, às orgias, ao sexo irresponsável?
Alguém que ganha milhões de reais para emagrecer em frente à televisão?
Não!
Herói para mim é um senhor vendedor ambulante de Cachoeira do Sul que encontrou uma carteira com dinheiro, cartões de banco e de crédito e devolveu para sua proprietária, porque seus pais lhe ensinaram a não ficar com o que não era seu... ato seguido por uma outra senhora que também encontrou uma carteira na outra semana...
Herói para mim são as centenas de voluntários que trabalham no nosso hospital... é Zilda Arns, Madre Tereza, João Paulo II,...
Herói para mim é as outras dezenas de pessoas que atuam voluntariamente na APAE...
Heróis são os outros tantos que estão atuando gratuita e anonimamente nas casas geriátricas, nas associações de bairros, instituições de caridade,...
Heróis são as dezenas de jovens que conheço e convivo que fazem a diferença na vida de tanta gente... jovens que fazem o bem, que se cuidam, zelam por uma sociedade melhor, jovens que olham para os outros com os olhos de Deus, jovens que retratam os rosto desse mesmo Deus...
Sim, para mim, esses são os verdadeiros heróis... gente simples, gente do povo, gente anônima, gente que não precisa se expor como “carne ou produto de um supermercado” para ser consumido... Cuidado! Não confunda vilão por mocinho, porque há muito lobo vestido em pele de cordeiro...
Herói para mim é um amigo, um irmão, uma mãe, um pai, um jovem que cuida do outro numa família, num hospital, numa clínica... é alguém que pede e dá perdão, é alguém que supera os deuses do TER, PODER e PRAZER... alguém que valoriza o outro não pelo o que outro “TEM”, mas sim pelo o que o outro “É”... no meu humilde conceito, creio que heróis são esses o que a mídia tenta me vender, não me serve como herói, mas respeito aqueles que pensam o contrário e os idolatram, isso é liberdade e isso é domocracia.
E para ti, qual é o teu conceito de herói?

quarta-feira, 10 de outubro de 2012

CUIDADO! RUA SEM SAÍDA...


VAIS PERCORRER O MESMO CAMINHO JÁ PERCORRIDO?
Há pessoas que de tempos em tempos “parecem precisar” percorrer o caminho errado... Já foram, já andaram por certos espaços, por certos caminhos... se machucaram, machucaram pessoas, andaram pelo espaço do desprezo, da tristeza, da solidão, do abandono,... mas, mesmo assim não aprenderam.
Não se dão conta que estão afastados ou se afastando do caminho proposto por Deus... querem fazer seus próprios caminhos, esquecendo que não há outros... o próprio Jesus nos diz: “eu sou o caminho, a verdade e a vida, ninguém vai ao Pai senão por mim...”
Assim, essas pessoas andam, andam, andam e não se dão conta que passam sempre pelas mesmas árvores por onde já passaram antes... Sim, quando estás na dúvida se já passou por ali é sinal que tu já passou por ali... Para, senta, te abastece, te alimenta e orienta e volta para o “caminho correto”.
Olha para cima, tem uma placa dizendo “rua sem saída”...
Que necessidade tens de ir até o fim? E o pior, que necessidade tens de levar outros contigo por essa rua onde algumas quadras são chamadas solidão, sim no meio da quadra às vezes há falsas alegrias, falsa felicidade,... há muita falsidade nessa rua, pois algumas quadras nos levam ao prazer momentâneo, a devassidão, a promiscuidade, ao uso do corpo, aos prazeres da carne... mas até quando, pretendes ir até onde mesmo?
SIM! RUA SEM SAÍDA (a placa é bem grande), já estivestes aí, lembra? Já andastes sozinho, já andastes com outros que também te acompanharam nessa aventura, uma vez tu conseguiu voltar, com alguns arranhões, algumas marcas pelo corpo, algumas cicatrizes no coração, mágoas, ressentimentos, tristezas...
Mas e agora, vais te aventurar de novo?
VAIS LEVAR QUEM ou QUANTOS PARA ESSA AVENTURA DE ANDAR PELA RUA SEM SAÍDA?
Quando tiver oportunidade de sentar aproveita para ler tua Bíblia, mas aproveita para olhar tuas marcas, tuas cicatrizes (elas estão distribuídas no teu corpo) fruto das outras vezes em que andou por essa rua...
Mas e agora a (s) pessoa (s) que estás levando junto contigo dessa vez, será vão voltar? Será que terão forças? Ou vão ficar sozinhas por ai? Por também se perderem ou por perderam a referência daqueles com quem andaram um dia... Talvez sequer vão alcançar o grupo com quem vinham caminhando, ficaram sozinhos, sem família, sem amigos, sem referência e não raras vezes longe de Deus.
Aprender é mudar. Mudar para melhor é sinônimo de desenvolvimento pessoal. E inevitavelmente por autoiniciativa ou por imposições da vida, a mudança acontece em nós. A ciência tem vindo a provar que os nossos cérebros funcionam melhor quando sabemos que somos amados, queridos e cuidados. Sim, mas esse amor não pode ser egoísta, unilateral, de servidão... assim ele cansa, desgasta, sofre, faz sofrer e morre.
Eis a placa novamente: “RUA SEM SAÍDA!”
A opção é pessoal, cada um é livre para seguir ou não... mas nunca esqueça a última vez que acessastes ai... olhas as marcas no teu corpo e no teu coração... Fora a marca no coração daqueles a quem também machucou, as quais embora curadas as cicatrizes ainda estão lá...
Cuidado! Para, pensa, senta, te alimenta, te orienta e depois segue, mas de preferência fora da RUA SEM SAÍDA! Agora, se quiser ir assim mesmo, por favor, não leva contigo aqueles que ainda não aprenderam a caminhar ou que depois sozinhos não terão forças para se manterem de pé e que certamente as quadras que existem nessa rua irão abrigá-lo no futuro...
Leia a placa: Cuidado! Estás entrando de novo pela RUA SEM SAÍDA...
SHALOM!

quinta-feira, 20 de setembro de 2012

A PRIMAVERA NOS FAZ COMPREENDER O PORQUÊ DE RECOMEÇAR!


 
"Retirou da escuridão meu coração. Acendeu uma nova luz em meu olhar. Fez nascer à primavera onde o inverno não passou. E me deu motivos para recomeçar..." (Padre Fábio de Melo)

Sábado, dia 22 de setembro, começa a "primavera"...

Quando compreendemos que o recomeçar é um continuar de onde paramos, um rever posições, um reiniciar aonde erramos ou um voltar a caminhar quando estamos afastados do caminho, do trajeto proposto por Deus ou quando perdemos o foco de nossos objetivos. É um olhar com justiça para aqueles que passaram o "inverno" conosco... ser justo à aqueles que cuidaram da gente quando tantos passaram ao lado... é um muito obrigado por cuidar de mim... um me perdoa se te machuquei... um vamos voltar a acender aquela chama de amigo/irmão que tinha até ontem...

Um exemplo de recomeçar é uma tricoteira que deixa de fora alguns pontos que são fundamentais na sua manta, blusão ou obra que está tricoteando, tendo que desfazer, ou seja, voltar alguns pontos e corrigir para poder continuar sua obra, concluir sua missão.

Na vida da gente não é muito diferente. Às vezes precisamos compreender e rever pontos, voltar atrás algumas posições, para depois tranquilamente continuarmos nosso trabalho, nossos projetos e objetivos. Precisamos compreender e não termos vaidades, orgulhos, sentimentos de perda ou frustração, ao termos que voltar atrás para consertarmos as coisas quebradas, rompidas, esquecidas ou que fomos abandonando pelo caminho... é não ter vergonha de pedir desculpas, é ser cristão ao dar e pedir perdão... é um recomeçar a sentir a presença de Deus na vida da gente através do outro... É UM SE DISTANCIAR DO PECADO... É UM OUVIR A VOZ DE DEUS NOS DIZENDO: "VÁ E NÃO PEQUES MAIS"...

O dia é hoje, o tempo é o presente e a hora é agora!

DIA 22 COMEÇA A PRIMAVERA... TEMPO DE SORRIR, DE VER O SOL NASCER, DE OUVIR OS PÁSSAROS CANTAR, DE LEVANTAR MAIS CEDO PARA FALAR COM DEUS... DE RENOVAR OU REFAZER PROMESSAS E PROPÓSITOS, É TEMPO DE MANTER TUDO QUE É BOM, DE FORTALECER O QUE ESTÁ LEGAL E É TEMPO DE RECOMEÇAR COM AQUILO QUE TALVEZ TENHAMOS AGUARDADO O INVERNO PASSAR...

Sim, a primavera chegou, mas para que tu sintas o perfume das flores, para que tu vejas os frutos e os resultados daquilo que tu semeou é preciso que tu estejas com o coração aberto para ouvir Deus falando contigo!

Pensa nisso... faz o que a primavera te propõe... sejas justo e sejas feliz!

Uma feliz e abençoada primavera!

SHALOM!

terça-feira, 18 de setembro de 2012

6º MANDAMENTO: "NÃO PECAR CONTRA A CASTIDADE"


Veja que se trata de um "MANDAMENTO DA LEI DE DEUS" = "NÃO PECAR CONTRA A CASTIDADE..." - não é um pedido é uma "ordem de Deus"... somos livres para decidirmos, mas Deus nos coloca um caminho, uma direção, uma condição...

SOU VIRGEM, EU ESCOLHI ESPERAR!

É cada dia maior o número de jovens que se propõe a esse estilo de vida "serem castos", centenas deles inclusive, fazendo "VOTOS DE CASTIDADE" antes do casamento (a cada Jornada Mundial da Juventude, milhares de jovens colocam essa sua intenção ao Papa, pedindo para que reze pelo mesmos para que consigam superar todas as tentações e pressões do mundo mundano... por ser justamente tão dificil nesse mundo secularizado, essa condição os faz tão especiais aos olhos do mundo e aos olhos de Deus...)

O aumento considerável no número de jovens que fazem "VOTOS DE CASTIDADE" é uma realidade que vemos não apenas em nossa denominação Católica (entre os jovens dos movimentos MVC, RCC, CLJ e tantos outros), mas também em inúmeras outras denominações que seguem a doutrina cristã...

Uma prova disso está no Movimento "EU ESCOLHI ESPERAR" que nasceu dentro da Igreja Batista e hoje está envolvendo jovens das mais diversas denominações, está instalado em mais de 15 países e vai criando cada vez mais força dentro dos próprios movimentos e denominações religiosas... em algumas comunidades o nome altera um pouco, como: "O VERDADEIRO AMOR ESPERA", mas o carisma é o mesmo = castidade entre os jovens.

O Professor Felipe Aquino em recente artigo sobre o tema escreveu:

"Já é hora de voltarmos a falar aos jovens, corajosamente, sobre a importância da castidade e da virgindade. Também nós católicos estivemos muito tempo “encolhidos” de medo de um mundo neo-pagão que ri da castidade e da pureza da alma. Não há, sem dúvida, melhor preparação para o casamento e para o futuro, do que viver a castidade na juventude.

Precisamos mostrar aos jovens que para haver a castidade de atos, é necessário haver antes a castidade de pensamentos, palavras e desejos. É preciso, corajosamente, desafiá-los a dizer não a toda prostituição, pornografia, filmes eróticos, moda excitante, etc. É preciso mostrar-lhes que cada corpo humano é templo do Deus vivo que ali habita pelo seu Santo Espírito (1Cor 3,16; 6,19)."

Quanto às críticas, paciência! O Senhor disse: “Felizes sereis quando vos caluniarem; quando vos perseguirem e disserem falsamente todo o mal contra vós por causa de mim. Alegrai-vos e exultai, porque será grande a vossa recompensa nos céus…” (Mt 5,11-12).

quinta-feira, 13 de setembro de 2012

SÓ A FÉ NÃO BASTA, É PRECISO AÇÃO!

Num vale, bem longe da cidade, morava um homem piedoso que tentava viver em harmonia com a vontade de Deus. Um dia sobreveio uma grande tempestade. A chuva parecia que nunca mais ia parar e todo o vale foi sendo inundado. Quando as águas começaram a subir, o homem buscou refúgio no segundo andar da sua casa. Mas a chuva continuou, inclemente, e logo ele se viu obrigado a subir no telhado da casa. Foi quando apareceu uma canoa de salvamento para levá-lo a um lugar seguro. O homem, porém, mandou a canoa embora, dizendo:

– Tenho plena fé em Deus. Rezo sem cessar e acredito e confio que Ele cuidará de mim.


A contragosto, os homens da canoa partiram. A tempestade, no entanto, continuou, e logo as águas já chegavam ao seu pescoço. Um segundo bote de salvamento apareceu, mas foi dispensado da mesma maneira: "Tenho plena fé em Deus. Rezo sem cessar e acredito e confio que Ele cuidará de mim."

A chuva não dava sinais de se abater. As águas haviam subido tanto que o homem mal podia respirar pela boca e nariz, quando apareceu um helicóptero sobrevoando a região. Lançaram lá de cima uma escada de cordas para que subisse.

– Suba – insistiram os homens do helicóptero. – Nós o levaremos a um lugar seguro.

– Não – gritou o homem, repetindo as mesmas palavras. – Tenho plena fé em Deus. Rezo sem cessar e acredito e confio que Ele cuidará de mim. – E mandou o helicóptero embora.


Mas a chuva não parou. As águas continuaram subindo e, por fim, o homem acabou morrendo afogado.

Foi para o céu. Passado não muito tempo concederam-lhe uma entrevista com Deus. Ao ser introduzido à presença do Todo-Poderoso, o homem falou da sua perplexidade.

– Senhor, eu tinha tanta fé em Vós. Eu acreditei em Vós de todo o meu coração. Orei sem cessar e procurei seguir a Vossa vontade. Simplesmente não entendo o que aconteceu.

Deus então coçou a cabeça e disse:

– Também não entendo. Eu lhe enviei dois botes de salvamento e um helicóptero!




É assim que Deus se manifesta em nossas vidas... através dos homens, daqueles que Ele enviou como missionários seu... religiosos/religiosas, médicos, policiais, bombeiros, amigos, irmãos, pais...

Ele sempre manda alguém, sempre há um ANJO/SIRINEU... agora depende da gente estender e agarrar a mão de Deus através do outro...
"Que proveito há, meus irmãos se alguém disser que tem fé e não tiver obras? Porventura essa fé pode salvá-lo?" (São Tiago 2, 14)


 
SHALOM!

Combati o bom combate, terminei a corrida, guardei a fé...


“Combati o bom combate, terminei a corrida, guardei a fé...” (2ª Timóteo 4, 7)

Assim como São Paulo que diz: “Fiz o melhor que pude na corrida, cheguei até o fim, conservei a fé.” Temos de entender que toda jornada tem um começo e um fim (...ficar no meio não serve, São João ensina que "morno vomitarei"...).

Apesar da nossa vida com Cristo nunca terminar, sabemos que nossa jornada na terra não durará para sempre. O apóstolo Paulo se preparou para esse encontro importante. Ele era sincero e justo ao falar da sua tristeza, acertos, desacertos, assim como era forte na sua esperança cristã.

Sinceramente, espero que quando a minha jornada seguir seu rumo, eu seja capaz de dizer que combati o bom combate, terminei a corrida, mantive a fé...

Porque confesso que tem dias e momentos que me dou por vencido, cansado, abatido, mas contudo, espero que quando a minha jornada seguir seu rumo, assim como São Paulo eu possa dizer: “Combati o bom combate, terminei a corrida, guardei a fé...” porque como disse, não é fácil!
SHALOM!

quinta-feira, 30 de agosto de 2012

SIM, EU QUERO E EU VOU ME CASAR VIRGEM!

       Essa tem sido uma afirmação constante entre dezenas de jovens. Seja de forma isolada, em casais de namorados ou em grupos, cada vez mais jovens fazem “VOTOS DE CASTIDADE” até o matrimônio. Querem permanecer puros e santos, conforme lhes é proposto pelas Sagradas Escrituras.
Convivo com dezenas de “noivos” que nas vésperas de seus casamentos se mostram arrependidos por não terem sabido ESPERAR. Entregaram-se para um namorado/namorada o qual achavam ser o par perfeito, mas, a relação terminou e em frente ao altar, no dia em que realmente “sacramentalizam” suas relações, quando encontraram a pessoa com a qual vão viver o resto de suas vidas, já não podem mais entregarem sua pureza um ao outro, pois NÃO SOUBERAM ESPERAR! PERDERAM O MOMENTO MÁGICO, NOBRE, PURO, MOMENTO QUE OS FAZ ESPECIAIS AOS OLHOS DO MUNDO E DE DEUS...
Temos de atentar que na verdade nós não nos entregamos ao ato sexual de uma vez. Não acontece de simplesmente tu está com o teu namorado e de repente, sem vocês perceberem acontece à relação sexual. Não! Na verdade não é assim. A relação acontece aos poucos, os jovens vão cedendo às tentações e ao desejo do corpo, e isso é aos poucos. Dia a dia vão avançando sinais. Portanto, cuidado! Se tu tens um projeto e um plano conforme os preceitos de Deus cumpra-o.
Começa por aceitarem as tentações do corpo... se estimulam... se provocam... se insinuam... ficam sós... caricias e toques mais íntimos e fortes... isolamentos nos quartos e dependências... vão aceitando situações, momentos e locais que propiciam para que isso aconteça e o que era um projeto de vida dentro dos preceitos cristãos, de pureza e castidade se vão embora porque não souberam respeitar seus instintos e suas vontades.
Não raro traem e abusam da confiança e da liberdade que muitas vezes lhe é concedida pelos pais ou responsáveis. Por isso mesmo, não raras vezes a relação e a perda da virgindade acontecem junto com o fruto da “traição da confiança” daqueles que cuidam do jovem.
Na verdade tu não perdes tua pureza no ato sexual, tu já vinhas perdendo há muito tempo atrás quando deixou que pensamentos que não vinham dos preceitos que Deus ensina fossem invadindo tua mente e coração. Quando começou a caminhar por um caminho sabendo para onde ele te levaria.
Eu não estou aqui para pregar moralidade, nem para julgar ou punir ninguém, eu estou aqui para te alertar e para te lembrar alguns pontos sobre pureza, e o que Deus tem preparado para os que sabem esperar o tempo certo. Quero que sirva de alerta para aquelas pessoas especiais que se preservam puros e tem o propósito de se manterem castos até o casamento.
Em São Tiago encontramos: 4,7 “Sujeitai-vos, pois, a Deus, resisti ao diabo, e ele fugirá de vós.”
O Sexo não é algo ruim (foi criado por Deus), desde que seja feito no tempo certo, ou seja, dentro do matrimônio. Quantas pessoas que tu já namorastes e acreditou que aquele/aquela ali seria para a vida toda e de repente tudo terminou e não raras vezes tu sequer podes olhar para a cara desse namorado/namorada!
Quantas pessoas tu acreditou que seriam eternos em tua vida, ou que seria a pessoa certa, mas não foi?
E se essa pessoa tivesse levado junto a tua pureza, teu projeto, teu sonho de te entregar totalmente àquela pessoa que realmente vai contigo até ao altar, com quem tu vais viver a vida toda?
"O mesmo Deus de paz vos santifique em tudo; e o vosso espírito, alma e corpo sejam conservados completos, irrepreensíveis, para a vinda de nosso Senhor Jesus Cristo.” 1ªTs. 5, 23
É Deus que te santifica por completo, espírito, alma e corpo... então obedece à esse Deus e tenhas a certeza de seres feliz... Assim como milhares de jovens têm realizado “votos de castidade” por ocasião das Jornadas Mundiais da Juventude, oferecendo a Deus esse esforço e se for do teu desejo que isso aconteça contigo também, entrega esse teu voto a Deus. Porque embora a gente resvale, se machuque aqui e ali, com muito esforço esse Deus não vai nos deixar pecar: voto é voto. É uma aliança dos dois lados: TU FAZES UMA ALIANÇA COM DEUS E DEUS FAZ UMA ALIANÇA CONTIGO!
SHALOM!

terça-feira, 7 de agosto de 2012

E AI, TU ÉS UMA PESSOA JUSTA OU INJUSTA?




Caríssimos jovens, considerando que vocês estão numa fase de crescimento pessoal, espiritual, funcional, intelectual,... Hoje lhes proponho uma reflexão para que possamos verificar se realmente estamos valorizando aquelas pessoas que nos valorizam. Observando também se estamos sendo justos ou injustos, tanto com as pessoas, quanto com Deus.
É normal logo após um retiro, sairmos cheios de planos, com vontade de dar e pedir perdão, com vontade de mostrar às pessoas a gratidão pelo quanto elas são importantes para nós... Mas não raras vezes, esse sentimento passa e começamos a proceder da mesma maneira anterior ao retiro (egoístas – injustos - rebeldes – insatisfeitos – infelizes...). As vezes chegamos a acreditar que as pessoas tem obrigação de resolverem nossos problemas... que estão lá como máquinas... as usamos, as desligamos, até o momento em que vamos precisar novamente...
ISSO É TOTALMENTE INJUSTO E REPROVÁVEL...
Vocês já notaram que às vezes acabamos dando valor e atenção a pessoas que não nos merecem, pessoas que apenas convivem conosco por interesse ou que nos usam dentro de seus desejos e necessidades especiais?
Será que não chegou à hora de olhar com maior carinho, respeito e compreensão as pessoas que realmente nos valorizam, que nos tratam com respeito, com amor e consideração, pois esses são nossos verdadeiros amigos.
Cuidado! Usar as pessoas, também pode ser uma forma de egoísmo e se constitui em um pecado grave, do qual não nos damos conta.
Olhe para trás e reveja teus momentos de dificuldades... Durante teus problemas, tuas incertezas, tuas quedas, tuas dúvidas, tuas indecisões...
Quem estava lá? Foi importante aquela presença?
Soubestes reconhecer, ou apenas ignorou depois que passou toda a tormenta e irá só lembrar-se dessa pessoa quando outra tempestade se aproximar? Depois que tudo passou agradeceu? Reconheceu?

Foi justo no momento da alegria e da felicidade e buscou partilhar com essa pessoa também esse momento? Ou simplesmente vai esperar a próxima tempestade e momento de tribulação para buscar essa palavra, esse ombro e esse conforto que sabes sempre estar lá?
Olha! Eu acredito que Deus escolhe as pessoas certas no momento certo em toda nossa vida, embora às vezes não enxergamos isso ou não damos o devido valor. São justamente essas pessoas que estão lá, nos momentos mais difíceis de nossa vida. Por isso, temos que valorizar quem nos valoriza! Observem que às vezes a gente costuma perder tempo com quem não está nem aí para nós e esquecemos-nos das pessoas que realmente se importam conosco.
Eu os convido a meditar se estamos realmente valorizando e sendo justos com aqueles que nos valorizam... Nossa família, nossos verdadeiros amigos,... Aqueles que largam tudo ou às vezes se esvaziam de si (ao exemplo de Jesus = kenosis), para nos deixarem bem, abrem mão de tudo que teriam direito para nos darem as mãos, os pés, os ouvidos e o ombro.
Vamos analisar se porventura nós não estamos na verdade usando as pessoas, se elas não estão sendo meros objetos para nós, as chamamos, as usamos, as abandonamos, chamamos novamente, usamos, descartamos...
Observar se não raras vezes ficamos extremamente chateado com essas pessoas porque nos dizem a verdade, mas saiba que a Bíblia nos explica que alguns dos amigos mais perigosos são aqueles que sempre concordam conosco, apoiando-nos mesmo nas coisas erradas. "Melhor é ouvir a repreensão do sábio do que ouvir a canção do insensato" (Eclesiastes 7, 5). Atente que o amigo verdadeiro nos corrige, e a pessoa sábia procura ter amigos com coragem e convicção para repreendê-la quando for necessário.
Agora, por outro lado, o insensato evita pessoas que os corrige e critica, querem que as pessoas sempre digam que está certo, procurando aprovação acima de sabedoria. "O escarnecedor não ama àquele que o repreende, nem se chegará para os sábios... O coração sábio procura o conhecimento, mas a boca dos insensatos se apascenta de estultícia" (Provérbios 15, 12-14).
Sabemos que ninguém gosta de ser corrigido, mas todos nós precisamos de amigos que nos amem tanto que mostrem os erros: "Melhor é a repreensão franca do que o amor encoberto. Leais são as feridas feitas pelo que ama, porém os beijos de quem odeia são enganosos" (Provérbios 27, 5-6).
Agora, uma vez que escolhemos bons amigos, também nós devemos ser bons amigos! As Sagradas Escrituras nos aconselham sobre as responsabilidades de companheiros fiéis. Ensina ainda que amigos verdadeiros não são interesseiros, mas aqueles companheiros fiéis que ficam nos bons tempos e nos maus tempos: "Em todo tempo ama o amigo, e na angústia se faz o irmão" (Provérbios 17, 17).
A amizade verdadeira traz benefícios mútuos, tem gente que é amiga só na hora da necessidade ou da satisfação, na hora da dor e da aflição, nos deixa na mão... Esse tenha certeza, não é um bom cristão.
Concluindo, TU REALMENTE VALORIZAS E ÉS JUSTO COM AQUELE QUE TE AMA?
Em algum momento tu já agradeceste e reconheceste o esforço do outro em te fazer feliz? Alguma vez já demonstrou isso? Já disse muito obrigado por ser tão importante e por tudo que faz por mim?
Já escreveu um depoimento, já declarou isso em público, já escreveu uma carta, já o abraçou com vontade e declarou toda essa gratidão?
ISSO É SER JUSTO! SE FIZERES O CONTRÁRIO ESTÁS SENDO INJUSTO!
Se já fez isso (tudo certo)... Parabéns! Caso ainda não o tenha feito, aproveite e faça, porque desconhecemos o amanhã e se deixarmos para depois o amanhã pode ser tarde demais.
Então! Começa por mim...
Muito obrigado por tudo que vocês fizeram e fazem por mim... E lembre-se que você é eternamente responsável por aquele que cativa.
Pense nisso! E se algum dia porventura vier a ser “injusto” com algum de vocês, por favor, me cobrem, porque podem ter certeza não foi intencional...
Shalom!